quarta-feira, 2 de dezembro de 2009


Olá amados!

A paz esteja convosco!

Gostaria de falar hoje sobre algo que é de fundamental interesse à aqueles que querem servir a DEUS, e ter a certeza de que estão realmente fazendo as coisas segundo à sua vontade.

Como é de costume, vou hoje narrar pedaços da minha história, minha conversão e caminhada, gosto de exemplificar sempre com a minha vida. Não que eu ignore as outras experiências ou acredite que as minhas sejam melhores, mas para fazer valer um testemunho autêntico de santidade, é preciso viver isso no cotidiano, acreditando sempre que sou capaz de melhorar continuamente a cada dia, para chegar um dia a gozar das bem aventuranças do reino celeste!

Logo que iniciei minha caminhada rumo à santidade, comecei também um processo de discernimento vocacional, Fiquei por um ano como vocacionado na congregação “Servos do Santíssimo Sacramento” (os Sacramentinos). Conheci o seu carisma e iniciei junto a alguns irmãos meu caminho vocacional, me lembro que nesse período, eu possuía uma imensa vontade de estar servindo a DEUS, e abandonar tudo para segui-lo como fizeram os apóstolos. Tinha em mente a vocação do Sacerdócio, mas ainda resistia pelo fato de muito desejar um bom matrimônio. Era movido por interesses puros sim, em primeiro lugar buscando acima de tudo a santidade, mas uma dúvida muito grande se apoderava de minha alma. Não sabia eu, qual era a real vontade de DEUS, e eu por medo de desobedecê-lo não me apegava com afinco a nenhuma dessas duas vocações.

Ora eu queria ser padre, hora queria ser esposo, pai, enfim. Muitas coisas povoam nossa mente quando estamos fazendo esse discernimento, pensamos em futuro, nos espelhamos no passado, e deixamos de viver nosso presente. Involuntariamente passamos a desejar uma vocação, nos imaginar no futuro, executando-a. Agindo e sendo felizes, pois todos sabemos que para se ser feliz de verdade, não há outro caminho senão o caminho da cruz.

Nós seres humanos passamos toda nossa vida buscando acima de tudo a felicidade. Não temos medo do sofrimento! Sofremos, e muito para sermos felizes, sofrimento não quer dizer infelicidade. Mas quando passamos a não consultar a DEUS a respeito de nossa vida, ou seja, quando agimos por nós mesmos, aí sim vivemos infelizes, e muitas vezes colocamos a culpa em DEUS pela nossa infelicidade.

Amados hoje eu vos falo, se estamos ainda infelizes, quer dizer que não estamos fazendo a vontade de DEUS, como eu vos disse antes: “Nossa vocação é a certeza da nossa felicidade” Se não estamos sendo felizes, é porque não estamos ouvindo a voz de DEUS. Estamos tão cheios de nós, nossa voz nos diz tanto, que até confundimos isso com os dizeres de DEUS.

É certo que ele nos fala ao coração, e que nos conduz à santidade, através de gestos, sinais, palavras e até outras pessoas que se entregam a DEUS, e são usadas por ELE para nos ajudar. Mas não podemos acreditar que todas essas vozes são a voz do Altíssimo. DEUS não nos fala nada que não seja por amor, pela nossa santificação e acima de tudo pela nossa felicidade, Ele quer que sejamos sempre felizes, sem mágoas e com muito amor.

Fiquemos todos atentos, em vigia e constante oração, para que possamos ouvir de forma simples, clara e objetiva a voz do nosso pai!

Uma boa semana a todos!

Paz e Bem!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Nos preparemos para 2010!



Olá pessoal Paz e Bem!

Estou em clima de despedida! Já estamos encerrando o mês de novembro, e logo se iniciará para nós cristãos o tempo do “Advento” que é segundo a igreja um tempo de reflexão e muita oração e vigia, um tempo em que nos dedicamos a reconhecer nossas falhas e erros cometidos no decorrer do nosso ano litúrgico, para aguardarmos ansiosamente o nascimento do nosso amado mestre Jesus.

Mas não é especificamente sobre o advento que irei falar no dia de hoje, quero chamá-los a uma reflexão mais aprofundada sobre as nossas ações perante o serviço de DEUS. Não que eu queira que contemos as almas que salvamos nesse ano, pois não somos dignos nem sequer de nos honrar por estar servindo a Deus. Mas quero convidá-los a se questionarem se realmente estão conseguindo salvar almas, se realmente o que estamos fazendo é a vontade de DEUS.

Nosso ministério de música neste ano passou por muitas tribulações, provações, dúvidas, incertezas, insegurança e muitos outros detalhes que as vezes nos deixam tão fracos na fé. Sentimos na pele o peso dos desânimos, e por várias vezes nos deixamos abater, mas no fim prevaleceu como sempre a vontade de DEUS. E o que nos era duvidoso, se tornou certo quando passamos a confiar em DEUS! Quando entregamos a ELE nossas preocupações e deixamos que seu espírito nos guiasse nesse caminho de conversão.

Olhando as graças recebidas neste ano que já está quase no fim, esperamos em DEUS uma vitória bem maior para o ano que vem! Pessoas de fé que nos ajudam a caminhar, Amizades a distância, Músicas inspiradas pelo espírito, recursos técnicos para a produção de um bom trabalho, e o principal que não pode em nenhuma ocasião faltar: “Corações Restaurados em Cristo” ! É por eles que dedicamos nossa vida! Pelas almas que estão se perdendo e precisam conhecer o amor e a misericórdia do nosso DEUS!

Rezemos irmãos, e peçamos a DEUS, muita felicidade e paz para todos, peçamos conforto nas horas de dor e discernimento nas horas de dúvida. Que saibamos confiar nele sempre, e não mais nos deixemos abater com as acusações do maligno. Que 2010 seja um ano de Graça na vida de cada integrante do ministério, e também na vida de cada um que deseja se entregar a DEUS através do serviço. Que todo ser vivo, possa realmente conhecer o nome de Jesus através de nós “Escravos do Céu”.

Tenham um ótimo dia!!

DEUS abençoe a todos!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Não nos deixemos afastar da graça de DEUS!


A paz de Cristo e o amor de Maria Santíssima estejam com todos vocês!

Queria hoje, profetizar o amor de DEUS e de qualquer forma poder usar minhas palavras para mostrar a luz de DEUS ao mundo. Mas existem momentos em que nosso coração não se sente ungido nem capacitado para proferir tais bênçãos. Pois pra DEUS vale muito mais a sinceridade do coração, que palavras belas anunciadas da boca pra fora, vazias de sentimento cheias de vaidade. Então não direi nada a vocês além desse parágrafo. Apesar de saber da minha missão de não me calar, hoje não me sinto preparado o suficiente para evangelizá-los. Peço sinceras desculpas a DEUS e a vocês por isso! Mas também deixo-vos os seguinte aviso: “Evitem de toda forma o pecado, ele nos impede de reconhecer em nós a Luz de Jesus Cristo.”

“O pecado nos faz cegos demais

Nos afasta da graça e da paz”

Salmo 50


“Tende piedade de mim, Senhor, segundo a vossa bondade.

E conforme a imensidade de vossa misericórdia, apagai a minha iniqüidade.

Lavai-me totalmente de minha falta, e purificai-me de meu pecado.

Eu reconheço a minha iniqüidade, diante de mim está sempre o meu pecado.

Só contra vós pequei, o que é mau fiz diante de vós. Vossa sentença assim se manifesta justa, e reto o vosso julgamento.

Eis que nasci na culpa, minha mãe concebeu-me no pecado.

Não obstante, amais a sinceridade de coração. Infundi-me, pois, a sabedoria no mais íntimo de mim.

Aspergi-me com um ramo de hissope e ficarei puro. Lavai-me e me tornarei mais branco do que a neve.

Fazei-me ouvir uma palavra de gozo e de alegria, para que exultem os ossos que triturastes.

Dos meus pecados desviai os olhos, e minhas culpas todas apagai.

Ó meu Deus, criai em mim um coração puro, e renovai-me o espírito de firmeza.

De vossa face não me rejeiteis, e nem me priveis de vosso santo Espírito.

Restituí-me a alegria da salvação, e sustentai-me com uma vontade generosa.

Então aos maus ensinarei vossos caminhos, e voltarão a vós os pecadores.

Deus, ó Deus, meu salvador, livrai-me da pena desse sangue derramado, e a vossa misericórdia a minha língua exaltará.

Senhor, abri meus lábios, a fim de que minha boca anuncie vossos louvores.

Vós não vos aplacais com sacrifícios rituais; e se eu vos ofertasse um sacrifício, não o aceitaríeis.

Meu sacrifício, ó Senhor, é um espírito contrito, um coração arrependido e humilhado, ó Deus, que não haveis de desprezar.

Senhor, pela vossa bondade, tratai Sião com benevolência, reconstruí os muros de Jerusalém.

Então aceitareis os sacrifícios prescritos, as oferendas e os holocaustos; e sobre vosso altar vítimas vos serão oferecidas.”


Tenham todos um bom dia! Paz e Bem!

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Só Temos Hoje!

Olá! A paz esteja com todos vocês!

Hoje gostaria de falar um pouco sobre o nosso tempo, e as mudanças que podemos sofrer em sua extensão. Eu estive pensando e buscando firmeza para minhas afirmações relativas ao tempo de DEUS, pois seria impossível pra mim, falar de algo que eu não conheça bem!

E tenho me perguntado: Será que tenho aproveitado bem o meu tempo de servir?

Nosso estilo de vida atualmente, tem nos levado sempre a buscar coisas mundanas e materiais antecedendo as coisas de DEUS, e nós as vezes sem perceber, nos entregamos de forma veemente a essas coisas passageiras, para buscar nelas conforto, satisfação e prazer.

Tenho hoje 20 anos de idade, e desde os 17 tento seguir o caminho da cruz de Cristo, sou estudante, músico e trabalho em uma empresa de projetos industriais. Mesmo antes de conhecer a luz de Jesus Cristo, eu já me dedicava de forma leal aos estudos e capacitação profissional, sempre buscando especializações na minha área de atuação e constante estabilidade financeira e profissional.

Sou de uma família humilde de classe baixa, e sempre tive dificuldades para adquirir pertences, e inclusive instrumentos musicais, veículos de transporte, acessórios de informática, etc ... Tudo conquistado com muita luta e dedicação ao trabalho secular, e sou muito grato a DEUS, por ter me dado forças para adquirir essas coisas.

Mas hoje eu me pergunto, até quando??? Até quando estarei eu nessa vida corrida, de estudo, trabalho, compromissos sociais e tantas outras coisas as quais dedico a maior parte do meu tempo, sem sequer pensar em DEUS? Não obstante, reconheço que tenho que ser figura de Cristo em todos esses lugares, e que isso também faz parte da minha missão. Mas se eu sei que só por ele encontrarei a vida eterna, porque que então me sacrificar tanto por coisas que não provém de sua bondade? onde está minha caridade, minha servidão? Estou eu aproveitando verdadeiramente o meu dom, como diz a canção?

É certo que cada um tem um chamado diferente, e cada um se dedicará de forma diferente a ele, mas eu hoje eu venho lhes chamar a atenção, quanto tempo será que nos resta para servir a DEUS? Se isso realmente é prioridade pra nós, quando começaremos a nos dedicar ao seu serviço? Ou acaso não acreditamos em suas promessas de que “nada nos faltará”?

Meus amigos, vamos pensar hoje, a que estamos nos escravizando? Será ao trabalho? Será aos estudos? Nós precisamos de todas essas coisas hoje, para conseguirmos viver nesse mundo, e DEUS reconhece nossas tribulações, mas se declaramos que só precisamos de DEUS em nossa vida, como podemos depender tanto do trabalho e do estudo? Acaso queremos nós nos escravizar permanentemente a essas coisas terrenas?

Virou mania esse negocio de deixar música né! Fiquem com a canção da qual falava acima, “Quanto Tempo você tem?” da banda DOM. Reflitam bastante sobre como estão aproveitando seu tempo!


Quanto Tempo Você Tem?

Banda Dom

Composição: Bruno Camurati


"Passam os dias

Será ?

Ninguém sabe o dia ou hora nem nunca saberá

Pense bem!

Quanto tempo você tem? Quanto tempo você tem?

Será que você sabe quanto dura a vida?

Isso não dá pra dizer.

Ninguém saberá .

Quanto tempo você tem? Quanto tempo você tem?

Tem que aproveitar o dom pra fazer o bem.

Quanto tempo você tem?

Faça o melhor

Faça o que puder com a vida que Deus lhe deu

O seu tempo é um talento, um dom , tem que fazer render

Tempo para servir a Deus

Para ajudar o irmão

Verá

Que um segundo vale ouro , não vá desperdiçar

Pense bem!

Quanto tempo você tem? Quanto tempo você tem?

Será que você sabe quanto dura a vida?

Isso não dá pra dizer.

Ninguém saberá .

Quanto tempo você tem? Quanto tempo você tem?

Tem que aproveitar o dom pra fazer o bem.

Quanto tempo você tem?

Tantas vidas esperam por seu amor

Tantas vidas que esperam por salvação

As horas passam depressa bem diante dos seus olhos

Você diz: Tenho que zoar, curtir, aproveitar a vida

Tenho todo tempo do mundo, todo tempo do mundo

É preciso lutar enquanto há tempo... Enquanto há tempo!"


Uma ótima semana a todos!

Paz e Bem

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Religiões “Vamos nos Unir”


Olá pessoal, Paz e Bem!
Hoje quero atentar a todos para uma situação um tanto quanto polêmica, e que requer um discernimento bem fundado na presença do Espírito Santo de DEUS! Não é fácil falar de religiões, principalmente nos dias de hoje em que vivemos um tempo de muita desunião e falta de fé, mas o Senhor me chamou a ser profeta e anunciar a palavra do reino aos meus irmãos, e eu como “Escravo do seu amor” fui enviado por Ele a proclamar a Boa Nova a todo ser vivo!
Bom! Pra começar, eu queria dizer que o intuito deste artigo, não é enaltecer ou diminuir religião alguma, apesar de eu ser católico, não quero causar nenhum tipo de constrangimento a quem pertence a outra doutrina.
Desde o ato dos apóstolos, no surgimento da primeira doutrina cristã, já haviam divergências entre as diversas culturas dos povos Cristãos. Se você é um leitor assíduo da palavra, já terá percebido que o livro dos atos dos apóstolos é dividido em duas partes, uma tratando da personalidade de Pedro e a outra narrando especificamente as missões do apóstolo Paulo. Os dois com personalidades bem diferentes, mas com um objetivo bem comum: levar o anúncio do Evangelho de Jesus Cristo e seu testemunho eloqüente a todo ser vivo.
Pedro ficou como que responsável por evangelizar os judeus, samaritanos… e todos aqueles que já tinham uma fé em DEUS e na criação, mas com costumes diferentes. Já Paulo, foi levado pelo Espírito a terras mais distantes e chamado a evangelizar os pagãos que nunca sequer haviam conhecido o nome de DEUS. Uma linda missão de coragem e de fé de ambos, pois, anunciar o evangelho naquela época, era decretar sua sentença de morte.
Imagine você, quanto os primeiros cristãos, sofreram e lutaram para que hoje ainda existisse a palavra de Jesus! Não foi fácil! Mas enfim, voltemos aos apóstolos. Enquanto Pedro e seus discípulos pregavam entre os judeus, eles continuavam mantendo alguns costumes judeus, pelo fato de terem se convertido do judaísmo ao cristianismo, já Paulo e seus discípulos, passavam a maior parte do tempo entre os pagãos, e acabaram aderindo por necessidade, a alguns de seus costumes. Um exemplo disso é a alimentação, que na lei judaica é um tanto quanto rigorosa com alguns tipos de alimento, por exemplo: carne de porco, considerada impura pelos judeus, mas um hábito alimentar comum entre os gentios (pagãos convertidos).
Isso gerou divergência entre os costumes que foram confrontados e até mesmo pondo em prova a ordem e organização administradora da Igreja. Eles tiveram que se reunir, tomar decisões e até mesmo repreender certas atitudes, a igreja já tomava dimensões grandes, muitas pessoas já tinham se convertido e eles tiveram que tomar decisões que favorecessem aos dois lados, não podiam perder nenhum dos que tinham se convertido.
Por que eu disse isso tudo, lá do ato dos apóstolos?! É porque hoje, nossa situação não é diferente, nós também temos diferenças culturais, doutrinárias, apostólicas enfim, somos diferentes. Mas não podemos deixar nossas diferenças nos afastar do amor de DEUS.
Sabe porque os discípulos conseguiram um consenso? Porque eram guiados pelo Espírito Santo de DEUS. Isso nos prova mais uma vez, que nós tanto católicos quanto protestantes, não temos procurado a comunhão no Espírito. Parece as vezes uma luta sem sentido, quantas vezes vejo pessoas discutindo qual igreja é mais santa, qual erra menos, qual é mais guiada pelo espírito, discussões sem sentido e sem respostas concretas, pois quando se discute esses detalhes, não se está em comunhão. Nossa intenção não deve ser a de dizimar, dissipar, separar, quem faz isso é o inimigo, ele sim veio para nos separar do amor de DEUS, nos deixar sem amparo , sem irmãos, sem fé.
Não nos deixemos levar pelo espírito da discórdia. Procuremos a paz com todos, e busquemos nossa santidade em particular. Igrejas Cristãs do mundo todo,
-Vamos nos unir, para evangelizar o mundo! Vamos ser resposta do amor de DEUS aos nossos irmãos, sejamos como Cristo !
Não podemos mais perder tempo com esses conflitos inúteis, que só geram preconceitos e orgulhos, vamos nos preocupar com evangelização de verdade. Tantas pessoas sem amor, tantos jovens sem a luz de Cristo em suas vidas, se perdendo em meio as drogas, a prostituição e tantas coisas que nós já conhecemos e sabemos o poder que tem de nos tirar da graça de DEUS.
Não devemos lutar contra religiões cristãs, o único que deve ser destruído é o demônio! E nós sabemos bem onde ele habita, conhecemos muito bem o seu poder de persuasão. Mas também conhecemos um DEUS que é TODO PODEROSO e tem tudo em suas mãos!
Firmemo-nos nessa rocha, deixemos de lado nossas diferenças para buscarmos um bem comum, como fizeram os apóstolos.
Vou ficar por aqui, deixando-vos a reflexão acerca de nossa unidade enquanto cristãos, analisando uma música da banda protestante: Oficina G3 “Muros” vi que em nossa igreja existem muitos muros, dentro e fora dela, temos buscado mais nos separarmos que nos unir.

Muros
Oficina G3

Composição: Juninho Afram / Jean Carllos / Duca Tambasco


“Muros de pedra, muros de orgulho
Que nos separam, e nos envergonham
Muitos já caíram, outros ressurgiram
Muitos preconceitos, muitos já desfeitos
Muitos insistem em existir
Oculto em nossos dias, há uma guerra fria
Vitimas que ninguém vê
Caiam os muros, tirem as pedras
Nossa unidade não é real
Se a verdade é o que pregamos
Porque erramos não sendo um?
Muitos se defendem, escondem a fraqueza
Atrás de mentiras
Que encobrem quem realmente são
Muros que nos envergonham “


Reflitam bastante, pois a igreja precisa de homens e mulheres que amam, e que querem servir a DEUS sem preconceitos, e ao invés de dizimar, nós queremos agregar, essa é a nossa Missão!
Paz e Bem!

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Por que o nome Escravos do Céu ???


Muitas pessoas nos perguntam constantemente o significado do nome dado ao ministério, Por que escravo? Não seria melhor dizer servo? Ou até mesmo filhos, amigos, que na verdade é o que somos? Outras ainda nos questionam se no céu existem escravos, já que Cristo nos libertou quando morreu na cruz por nós.
Pois bem, irei explicar a escolha do nome e responder a todos os questionamentos e dúvidas acerca da “Escravidão ao Céu”.
Primeiramente eu gostaria de contar-lhes uma pequena parte do meu próprio testemunho de vida, quando me converti, aos 17 anos estava definitivamente disposto a servir a DEUS, seja lá como fosse, aguardava ansiosamente o seu chamado para o serviço.
Através das devoções Marianas, DEUS ia me falando ao coração o meu real chamado, e eu, sem exitar acolhia a sua vontade, me dedicando a oração do Santo Rosário e buscando cada dia mais a comunhão com a Virgem Maria, foi quando por graça de DEUS ouvi falar em um tal de Anderson, da comunidade “Escravos de Maria do Santíssimo Rosário”, a princípio, fiquei meio receoso, pois o nome da comunidade me causou um certo receio em até que ponto poderíamos honrar a Santíssima Virgem, sem deixar de lado a Eucaristia, e sem correr o risco de cometer “adoração” culto que devemos prestar somente ao Senhor, mas quando ouvi suas pregações, as palavras daquele profeta penetraram fundo no meu coração, sentia-o queimar de Santidade e fui logo abrindo meu coração às suas palavras.
Ele falava de um livro intitulado: “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem” (São Luís de Montfort), dizia que esse livro tinha gerado ao coração dele tal missão e devoção a Nossa Senhora, dizia que através daquele livro que seria, o livro de cabeceira do Papa João Paulo II, ele se tornara escravo de Jesus Cristo em Maria.
Eu por querer ardentemente tal unção, iniciei imediatamente sua leitura, foi quando conheci vários amigos meus que já eram consagrados e serviam a DEUS na condição de “Escravos de Maria”. Uma devoção apaixonante e repleta de santidade foi o que vi, porque se ser Servo de DEUS já nos é uma honra tamanha, quem dirá ser servo da maior de todas as servas da humanidade.
Maria é em todo o Cristianismo,o mais nobre exemplo de humildade e servidão. “porque atentou na condição humilde de sua serva. Desde agora, pois, todas as gerações me chamarão bem-aventurada,” (Lucas 1:48). E foram essas certezas que me fizeram aderir a essa devoção suprema. Em algumas traduções a palavra “serva” é substituída por “escrava” o que não distorce o sentido da frase, mas causa um impacto maior, se considerando tamanho sofrimento vivido pelos escravos nos tempos antigos.
Mas devemos nos lembrar sempre que ser escravos de homens, realmente não é agradável, e nem chega perto do que DEUS tem preparado para nós. Eu por exemplo, fui tanto tempo escravo da minha carne, cedendo aos instintos carnais, sem vontade própria. E quantos de nós hoje vivemos nessa situação de escravidão ao pecado, sem sequer nos questionarmos ou querer dar um passo rumo a liberdade. Em verdade eu vos afirmo, depois que me escravizei ao Senhor através da minha missão, sou capaz de sentir as glórias da liberdade em Cristo Jesus, não me sinto mais preso a nada desse mundo, encontrei verdadeiramente o que precisava, e se for preciso me escravizar ou até mesmo renunciar a tudo aquilo que eu considero agradável, entregarei sem medo minha vida, minha juventude e meu coração. Pois uma vez liberto, não queremos nunca mais ser escravos, não há razão para isso, e a única forma que existe de realmente alcançar a felicidade eterna, é em Cristo Jesus.
Portanto, quando alguém me pergunta:
-Quais algemas te prendem ao céu? Eu respondo:
-As algemas do amor de Cristo!
Não consigo fugir desse amor, realmente estou fixado nele, e é por ele que me dedico aos irmãos e à minha missão! Logo quando fundamos o Ministério de Música, ele não possuía um nome específico, mas DEUS já havia me tocado e a primeira música que escrevi, se chama: “Escravo do Céu” mais tarde foi só associar as coisas, nosso chamado, nossa missão e nosso serviço. Já tínhamos um nome, predestinado e escolhido por DEUS, só precisávamos decidir a quem queríamos nos escravizar: ao pecado, ou a DEUS?
Nem precisa dizer a resposta né!
ESCRAVOS DO CÉU, essa é a nossa Missão!
Deixarei a vocês a letra da música que fiz, logo quando me converti, e foi com essa música que nossa missão começou, em breve ela estará gravada em áudio, fiquem ligados conosco, e com certeza apreciarão a graça e o poder de DEUS!

Escravo do Céu
(Leandro Fantão)


“Ó Senhor, ouve a minha prece
Faz com que seja um servo teu
Meu senhor, cura minha vida
Escravo do céu, aqui estou eu
Quero me entregar somente ao teu amor
Soltar a minha voz, e proclamar meu Senhor
Teu humilde servo senhor, clama por ti
Dê-me teus prodígios meu amigo fiel
Sou contente porque sei
Que sou escravo do céu”


Tenham todos um bom dia!
DEUS vos abençoe!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Reflexão


Bom dia a todos!
Hoje DEUS me tocou logo cedo, me fazendo refletir sobre o quanto sou capaz de me entregar a ele, e ser fiel ao seu chamado de santidade. Estava eu no ônibus a caminho do trabalho, orando e meditando o santo terço, enquanto ouvia algumas músicas católicas no meu mp3.
Pensava e refletia sobre minha caminhada, sobre tudo o que eu vivi, e tantas coisas que passei ao lado de Jesus, e nessa minha reflexão, DEUS me mostrava quantas vezes eu deixei de ser fiel a ele servindo à minha carne. Tantos erros cometidos, tantas promessas quebradas, tanta inconstância.
Sem perceber comecei a dar razão a algumas críticas que ouvi, muitos irmãos de caminhada inclusive que muitas vezes julgaram minha maneira de servir (com a graça de DEUS estão todos perdoados) e quantas vezes também, eu por me achar mais digno, julguei alguém sem saber a real intenção do seu coração. São erros que cometemos constantemente e que nos impedem de ver a Graça de DEUS manifestada na vida e no coração dos nossos irmãos.
Enfim, em meio a essa reflexão estava eu quase convicto de que não estava mesmo sendo fiel a DEUS na minha missão de amar. Quando de repente começou a tocar a música Imagem e Semelhança do Walmir Alencar e eu imediatamente senti a presença do Espírito Santo naquele lugar. Uma música por mim, muitas vezes ouvida, mas nunca tão forte quanto hoje. Senti realmente a presença de DEUS em meu coração naquele instante e uma unção de cura tomou posse do meu ser, recebi instantaneamente a cura dos desânimos restantes ao meu coração, tudo aquilo que ainda me impedia de progredir, foi cessado e deixado aos pés da cruz de Jesus Cristo.
Deixo a vocês a letra da música, e peço para que reflitam também, sobre como a misericórdia de DEUS nos acolhe sempre, e nós não precisamos ser santos para recebê-la! Existe uma frase do Pe. Lourenço Kearns que diz o seguinte: “O amor de DEUS não vem por merecimento, e sim por Graça, não podemos merecer o amor de DEUS, Ele nos ama porque é bom, e seu amor é fiel”.
Walmir Alencar
Composição: Walmir Alencar
“Se alguém duvidar de ti dizendo que não amas
E pelos erros teus, julgar o teu viver
Não desanimes, não. Deus vê teu coração
A menor intenção de ser melhor já é amor
Desde um sorriso a um olhar, sim, é amor
Se à imagem e semelhança do Amor foste criado,
Então dos teus atos o mais sincero e natural é o teu amar
Eu pergunto se existe alguém aqui que nunca falhou na vida
Ou arrependido quis voltar atrás?
Não importa se tu és pecador que às vezes sem forças quer lutar
O caminho de Deus é teu lugar
Jesus disse: "Ninguém te condenou? Nem mesmo eu condeno a ti.
Vai e não tornes a pecar"
Todo ouro do mundo não pode comprar o que tu tens pra dar
Precioso és ao teu Senhor. Toma posse comigo e diz:
Deus me ama! Sou capaz de amar
Pois Deus me ama! Eu nasci pra amar”

Tenham todos um bom dia! DEUS vos abençoe!
Paz e Bem!
Leandro Fantão

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Recado aos Músicos





A paz esteja com todos vocês!


Venho hoje falar sobre nosso comportamento diante do serviço Cristão e da assembléia, com o intuito de fazer-nos pensar um pouco sobre a nossa postura como servos e discípulos de Jesus Cristo.


Muitas vezes nos deparamos com situações um tanto quanto peculiares em se tratando de evangelização. Principalmente os ministérios de maior contato com a assembléia, por exemplo: pregação, músicos, danças, intercessores, enfim... todos estamos sujeitos a sermos tentados por satanás quando estamos servindo a DEUS.


O maligno nos persegue em nossa humildade e tenta criar em nós um espírito de vanglória, vaidade, e conseqüente prepotência por achar que conseguimos desempenhar tal tarefa por nós mesmos, ou seja, sem o Espírito Santo de DEUS. "Não sejamos ávidos de vanglória. "(GI., 5:26)


E é aí que pecamos, pois não teríamos a capacidade nem de estar ali, sem o consentimento do nosso Senhor, não nos esqueçamos nunca da nossa verdadeira missão. “Ide pelo mundo inteiro e pregai o evangelho a todas as criaturas” (Mc 16:15) Não é a nossa vontade o que devemos buscar, precisamos nesses momentos estar repletos do Espírito Santo, para poder-mos anunciar sem medo as profecias e bênçãos do Senhor. "O Espírito da verdade . . . vos guiará a toda a verdade" (João 16:13).


Em muitas ocasiões, é comum que sejamos elogiados (ou até criticados) por nossa postura diante da assembléia. Pessoas, que sem maldade, enaltecem e vangloriam os servos, por sentirem a presença de DEUS em suas palavras e atitudes.


Mas para que isso não gere em nós um sentimento de orgulho, é preciso estar-mos sempre vigilantes e em constante oração, para que não caiamos nas tentações da vaidade e do orgulho.


Não que devamos ser mal educados com nossos irmãos sem esse discernimento, pelo contrário, sejamos sempre amáveis e misericordiosos com eles, não podemos nos esquecer da figura acolhedora do nosso mestre Jesus. Mas em nosso coração devemos repreender toda e qualquer atitude de vanglória ou enaltecimento do nosso ser, afim de preservar-mos nossa integridade e humildade de servos de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador.


Lembremo-nos sempre: (Salmo 115,1) "Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória, por amor de vossa misericórdia e fidelidade".


Paz e Bem!





segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Batalhas Espirituais


Olá Pessoal!
Estamos em vigia e constante oração para a produção do nosso primeiro CD demo, que pretendemos lançar em Janeiro de 2010. Os ensaios e as gravações estão exigindo de nós cada vez mais dedicação e mais empenho, pois todos nós integrantes temos também: trabalho secular, emprego, estudos, grupo de oração e outras reseponsabilidades as quais nos empenhamos diáriamente, nos restando somente os feriados e fins de semana para gravar-mos nossas músicas. Viemos pedir a vocês para intercederem a DEUS por nós, e nos ajudar a orar, pois estamos realmente sentindo as dores do serviço Cristão. E escolhemos esse chamado porque acreditamos na proposta salvífica de Jesus Cristo e mesmo que nos custe nosso sangue, queremos dedica-lo ao nosso Senhor e rei. Estaremos em comunhão e em plena oração por esta missão de Fé, Sabemos que não vai ser nada fácil pois evangelizar nos requer dedicação e confiança no serviço que estamos prestando para a comunidade Cristã. Contamos com a oração de todos vocês!
DEUS vos abençoe!
Paz e Bem!

sábado, 7 de novembro de 2009

Evangelizar na Internet












Veja como a internet pode ajudar e muito nossa missão de evangelização:

Evangelizar, para a Igreja, é levar a Boa Nova a todas as parcelas da humanidade, em qualquer meio e latitude, e pelo seu influxo transformá-las a partir de dentro e tornar nova a própria humanidade: "Eis que faço de novo todas as coisas" (Ap 21,5). (Evangelii nuntiandi 17). “Ide pelo mundo inteiro, proclamai o Evangelho a toda a criatura.” (Mc 16,15) A Igreja não está chamada unicamente a usar a comunicação social para difundir o Evangelho mas, hoje como nunca, está chamada também a integrar a mensagem salvífica na "nova cultura" que os poderosos instrumentos da comunicação criam e amplificam. (O Rápido Desenvolvimento, 2) A Internet não só fornece recursos para uma maior informação, mas habitua as pessoas a uma comunicação interactiva (A Igreja e a Internet, 13-15)

Como evangelizar na Internet?

De diversas formas… Comunicação (e-mail, Chat, Mensagens Instantâneas, VoIP,…) Divulgação (WWW, páginas web, portais, …) Interacção (forum, blog, wiki, social networking, social bookmarking, …)

Para Evangelizar, não se tem difinidos idade, sexo, cor .... enfim. Todo ser vivo é chamado a proclamar o amor de DEUS ao mundo. Todos , sem exclusão são chamados a esse serviço. E nós jovens hoje nos sentimos na obrigação de sermos exemplo nesse novo método, até por nos darmos melhor com as tecnologias de mídia, e saber manipular bem o uso da Internet. Temos que utilizar dessa ferramenta fabulosa do homen, para disceminar as coisas de DEUS. Dar testemunos de conversão, nos blogs, sites de relacionamentos, chats, portais e muitos outros que utilizamos todos os dias, para nos informar e nos interagir de certa forma. A Internet precisa de DEUS, quantas coisas podres nós já vemos hoje, na Televisão, nos Jornais. Não vamos deixar que a Internet seja poluída pelas podridões do malígno. Sejamos Missionários da Internet, pregadores e profetas da palavra de DEUS no mundo. DEUS abençoe a todos!

Leandro Fantão

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Jovens Santos


"Precisamos de Santos de calças jeans e tênis, que coloquem Deus em primeiro lugar, que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade.
Precisamos de Santos, que vivam no mundo, se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo.
Precisamos de Santos, que estejam no mundo, e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos."
(João Paulo II)

“Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e tendes vencido o maligno”
(I Jo 2,14)

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Nossa Missão!

Nossa Missão é evangelizar!
Depois de tanto tempo juntos, tantas tribulações vividas, tantas provações, hoje temos a convicção de estarmos trilhando um caminho reto rumo ao coração de Cristo.
Em toda nossa história de conversão e caminhada rumo à santidade, estivemos muitas vezes prestes a desistir.
Foram batalhas, decepções, mudanças, amadurecimentos, brigas e até mesmo quedas na fé.
E com a Graça e a Misericórdia de DEUS conseguimos nos levantar e hoje erguidos estamos em posição de batalha, para lutarmos até o fim contra as maldades desse mundo. Acreditamos no poder da Música, e principalmente no Espírito Santo de DEUS, para mudarmos a situação em que se encontra o nosso mundo.
Nossa Missão é mostrar ao mundo o poder e a realeza do nosso DEUS!
Pregar a Palavra de DEUS através da Música.
Cantar o que Vivemos, e vivermos em seu amor!
A ele todo louvor, toda glória e adoração!
Bendito seja o nome de Jesus por toda Terra!

Leandro Fantão


Enquanto houver adoração e louvor de homens, vão acontecer louvor e adoração de anjos. Haverá um Espírito de louvor e de adoração. Haverá poder de Deus sobre aquelas pessoas e elas serão tocadas. O poder de Deus se manifesta. “Entoai juntos salmos, hinos e cânticos inspirados; cantai e celebrai o Senhor de todo o vosso coração”. (Ef 5,19)

O Senhor sabe muito bem o efeito que a música tem sobre nós. Muitas vezes, no Antigo e Novo Testamento, a ordem de Deus é: “Cantai ao Senhor um canto novo”. (Sl 96,1)

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

BH na Paz

Valeu Galera!!
Queremos agradecer a todos que estavam presentes no BH na Paz que ocorreu nesse fim de semana na praça da estação, e que acessaram nosso palco mp3.
Aceitamos a proposta do senhor e queremos seguir ao seu chamado de evangelização!
"Avançar para águas mais profundas e sermos pescadores de homens"
Peço mais uma vez que nos ajudem, a divulgar e expandir essa missão para o mundo ouvir!
Jesus é Senhor!
Paz e Bem!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009















Ministério de Música Escravos do Céu

E aê Pessoal, Graças aos acessos somos os primeiros mais acessados de Sete Lagoas com a Música Escudo Materno!
Valeu pela força!
E continuem acessando!
DEUS abençoe a todos!